Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



blogo-famosos

por Mi ♥, em 09.01.14

Detesto blogs de famosos.

 

Não daqueles que se tornaram famosos depois do blog. Não. É mesmo daqueles que acham que podem ter outra fonte de rendimento ali no meio de gravar uma Maria Antonieta e uma Maria Jaquina na novela da noite.

 

Arghhh!

 

É que não sabem escrever (e depois dizem coisas lindas como "et voilat"... really?), escrevem posts a dizer "epa, estive doente e fui ao médico", têm fotos de cócó nos blogues e ... ainda assim têm 188 comentários!!!

 

Jezz, que culto absurdo dos famosos!

 

Já para não falar da imagem estilhaçada que agora se grava na minha mente de um ou outro famoso de quem eu até gostava!!!

 

Ah! E aprendam a usar vírgulas.

 

Jezz.

 

Adenda: Epa, alzaimer... lindo! Et voilat!!! Cest ssa.

publicado às 15:38

Arghhh!

por Mi ♥, em 09.01.14

Férias são sinónimo de clausura. Não, não, deixem-me frasear isto melhor.

 

Férias são antónimo de clausura.

 

Porque é quando estou enclausurada aqui dentro deste bloco de 4 paredes, com o mundo apenas dentro dum ecrã, que tenho necessidade de escrever. Escrever para mim faz-me sentir que falo com alguém, que debito sobre os meus problemas ou as minhas futilidades com o "colega do lado", só que não está ao lado, está em frente, dentro dum computador qualquer.

 

Quando estou de férias, estou livre, estou em contacto com os amigos físicos, com os amigos de e para sempre. E não tenho necessidade de escrever para contar o meu dia-a-dia. Porque estou ali a vivê-lo com eles.

 

Passei duas semanas e meia a aproveitar a minha casa, a renovar, a acomodar novos habitantes, a planear, a concretizar, a divertir e ser divertida, enrolada no sofá, deitada no chão, a rebolar. Tudo a dois e às vezes a três. Outros dias a 10, outros a 20!

 

Sempre acompanhada, nunca sozinha. E não sinto necessidade de escrever quando estou assim.

 

Hoje voltei à leitura de alguns dos blogues habituais e li num daqueles que me diz mais, qualquer coisa que percebi como sendo "não tendo vontade/disponibilidade/pachorra para entregar conteúdo de x em x tempo, bye bye!" e fiquei triste e depois zangada.

 

Quando é que isto dos blogues passou a ter horários, deadlines, linhas editoriais e objectivos de produção? Ou melhor, desde quando é que estes blogueres, tão cândidos, tão fiéis a si mesmos, tão pessoas reais, acham que têm que produzir para serem interessantes ou readables?

 

Eu prefiro um post por mês com conteúdo, do que um diário de lixo!

 

E eu também quero ser lida, a sério que sim. Eu quero que alguém leia as minhas  maluquices e pense "epa, existe alguém como eu neste mundo tresloucado!". Eu quero que alguém leia os meus desabafos de mãe e sinta empatia. É como comunico com os outros. Com aqueles que se parecem comigo, mesmo que estejam a centenas ou milhares de km de distância!E, call me crazy, é como crio relações com aquelas pessoas que nunca terei possibilidade de ver, mas que sei que seria um best friend se tivéssemos calhado a nascer no mesmo país ou na mesma zona, no mesmo ano, andar na mesma escola, cursar a mesma Universidade, trabalhar juntos... As vicissitudes da vida pode nunca trazer-me essas pessoas fisicamente, mas espero que a internet traga.

 

Que traga mas que não cobre.

 

publicado às 14:19

Mensagens


SOBRE A MI

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

subscrever feeds



Mensagens

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

calendário

Janeiro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031