Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mais uma voltinha, mais um vestidinho, take #2

por Mi ♥, em 12.12.13

E chegou ao fim a obsessão*!!!

 

Senhoras e senhoras (duvido que além do meu maridinho, ande para aqui alguém do sexo M a ler estas parvoíces - pelo menos os homens que conheço, têm a mania que só podem ler blogs que falem: A) de futebol, ou B) engenhocas geeks ou C) de como a teoria da relatividade influencia o acasalamento dos bichos da seda no Alasca)

eis THE ONE!

 

   

 

 

Ok, admito, não era dos meus preferidos, preferidos! Mas o preço tão lindo, com um corte moderno, um brilho especial, fez-me adorar o vestido.

E quando o vi "em mãos" rendi-me. É que por 37€ que esta "alminha" custou, nem vou passar as vistinhas em mais trapo nenhum!

 

Tá muito bom. É verdade, o preço ajudou bastante à compra, mas o vestido É mesmo muito bonito, É mesmo de excelente qualidade, FICA-ME mesmo muito bem e É mesmo aquilo que eu queria. Não é tão branco como parece na imagem, mas muito mais prateado. Aqueles motivos ali em jacquard (nem me perguntem o que isto significa uo tradução em português) parecem ser feitos em apenas linhas prateadas, o que lhe dá um brilho super giro!Tem uma saia de tule por debaixo, para lhe dar mais volume e realmente fica com muito mais volume do que na foto. Como é um tiny tiny curto para esta mãe que tem que andar a correr atrás de mini Ms, dobrar-se para apanhá-la do chão e poses afins, comprei no meu querido eBay uma sainha de tule extra, com mais comprimento que ainda lhe vai dar um ar mais rodado e que é mesmo para ficar aí uns 10 cm à mostra. Sim, fica giro.

 

Quando estiver tudo compostinho, eu tiro fotos ao original. É que entretanto, assim como os piolhos, também o vestido foi passear ao Luxemburgo de fim-de-semana mas esqueci-me de o trazer de volta, pelo que ficou em férias prolongadas. Tudo isto antes de lhe tirar uma fotozinha. Crap.

 

Agora faltam os sapatos. E o casaco. E as joias. E depois recomeça tudo para Mini M.


See, my obsessions never end!

 

* Until the next one! Acho honestamente que estas "pequenas" obsessões com frivolidades é a maneira que o meu cérebro arranjou de criar um escudo contra tantos problemas, tanto azar, tanto peso que a vida me tem trazido...

 

publicado às 15:15

How did this happen!?

por Mi ♥, em 04.12.13

Another crisis of deep bipolar disturb? Check.

 

Primeiro, a criatura (eu) nem queria ouvir falar em tal pessoa.

 

Depois, a criatura (eu) ficou fula e já nem queria ir ao casamento.

 

Nos entretantos, a criatura (eu) já andava a instigar as massas para fazer um boicote ao evento.

 

A seguir, a criatura (eu) jurou aos sete e mais um ventos que ia, contrariada mas ia, mas que nem ia comprar um vestido novo! Gastar dinheiro com aqueles!? Humpf.

 

Ainda depois, a criatura (eu) ficou indignadíssima por terem escolhido a sua cria para menina das alianças. E disse que ia recusar. Não recusou.

 

E agora, a criatura (eu) anda a fazer-se de wedding planner e até foi incumbida de contactar (e quase escolher!!!) o fotógrafo e filmmaker.E até já anda a escolher vestidos todos XPTO.

 

Expliquem-me.

Como. Foi. Que. Isto. Aconteceu!?!?

 

Ai ai, gostava tanto de poder encarnar a *biAtch* que (não) há em mim...

publicado às 12:00

Bipolaridade ao mais alto nível

por Mi ♥, em 18.11.13

Noiva biAtch e noivo fofinho, inocente vieram-nos perguntar se Miss M. poderia ser a menina das alianças.

 

Yep, aquela noiva biAtch que nem me olhou nos olhos quando me entregou o convite, que andou a espalhar aos sete ventos tudo o que lhe contei em segredo (estúpida, estúpida, estúpida Mi, que não sei estar calada!) e inventou o que não lhe contei.

 

E lá vieram os dois, muito fofinhos, muito queridinhos, dizer "Oh, nós queríamos muito que a M. fosse a nossa menina..."

 

Eu fiquei atónita. Fiquei mesmo. O R. nem olhava para mim e só foi capaz de balbuciar umas duas frases meias impercetíveis, qualquer coisa do tipo "ah... temos que ver... vestido... não sei... sim...".

 

Da minha boca saiu ainda coisa pior: "e vocês têm a certeza? É que a M. é um bocado selvagem"

Tipo... oi!?!? WTF!??! Selvagem!?!? Ah ah ahA miúda está a passar das fases mais fofinho-carinhosa-mel de sempre! Dá beijinhos a tudo e todos, dá abracinhos bons, porta-se relativamente bem para uma miúda de 2 anos, não faz grandes birras, não é um grande stress de educar e obedecer... E sai-me aquela posta de pescada assim, selvagem!?!

 

Acho que eu fui o meu próprio catalisador. Aquele rotular de "selvagem" a minha filha, tão doce, iniciou qualquer fogo de combustão que não fui capaz de conter. E explodi.

 

Perguntei-lhes se queriam que fosse meeeeesmo sincera e disse-lhes tudo o que pensava. Que eles não me queriam no casamento ou não me tinham convidado daquela maneira, que a noiva biAtch se acha superior a toda a gente, que foi contar a A e B e C tudo o que soube acerca de mim e mais além, que se tinha afastado desde que houve uma discussão com outra amiga do grupo do qual não me quis afastar e ainda rematou que estava melhor sem nós! Exorcizei todos os meus demónios. E no fim, senti-me livre. Muito livre.

E, se bem que sei, porque não sou assim tão estúpida, que ela negou quase tudo o que lhe disse, que afirmou que fui eu a afastar-me, que fui eu que não lhe respondia às mensagens no mesmo min e demorava umas horas (needy alert... jezz! uma pessoa tem que estar 24/7 colada ao tlm... sim, sim, logo eu que pergunto de 5 em 5min "onde está o telemóvel?"! ah ah) , e que as lágrimas que derramou foram de crocodilo, mas não fui capaz de não sentir compaixão.

 

E fui eu que fui ter com ela, e abracei aquele bloco de cimento que nem foi capaz de retribuir o abraço.

 

E sou eu que agora estou a pensar em convidá-los para isto e aquilo porque afinal o noivo é fofinho, fofinho, é nosso Amigo à brava e uma das pessoas que o R. mais gosta aqui. E eu não sou diva o suficiente para não a aguentar 1h que seja aquela cara de monco-de-peru, pelo bem da amizade entre os dois homens.

 

E, se à vista dos outros até posso parecer uma pessoa fraca, que se "humilhou" a alguém que sempre se mostra superior, no meu interior sinto-me bem leve. E forte.

 

Esta é capaz de ser uma das minhas maiores qualidades, a meu ver e defeito, a ver dos outros. Esta incapacidade de guardar rancor, de remoer nos assuntos, de ser fria e orgulhosa. Às vezes até gostaria de ser mais orgulhosa. Para ser mais "forte". Mas o que ganham, afinal, as pessoas mais "fortes", com o seu orgulho?

 

Eu já sei o que tenho que fazer para lidar com ela. Eu já sei que tipo de "amizade" posso ter com ela. De que me vale esta frieza entre nós, cada vez que temos que estar juntas? De que me vale o orgulho, que não me permitia sentir-me assim leve, de consciência tranquila, sabendo que EU fiz aquilo que EU achei bem? E que EU estou, efectivamente, bem.

 

Porque eu não preciso dela. Nem para me sentir bem, nem como alvo a abater. Eu não lhe dou a importância de me afectar, para o bem ou para o mal. Como ela estava a ter. E como tem nalgumas das minhas amigas, que não conseguem ultrapassar isto.

 

Mas afinal, se não formos capazes de perdoar os outros, perdoaremos a nós próprios? Se não libertarmos esses sentimentos maus, onde é que eles se alojam? Na outra pessoa? Não. Alojam-se em nós, no nosso coração.

 

Por isso, resolver as diferenças, deixar o orgulho de lado, "rebaixar-nos" e darmos o primeiro passo, ajuda a quem? A eles, o objecto do nosso ódio?


Não. Ajuda a nós, que estamos a alojar, alimentar e vestir esse ódio, inteiramente às nossas custas. 

publicado às 11:15

Ai os dilemas duma mulher à beira... dum casamento!

por Mi ♥, em 12.11.13

Pronto, não é por não se gostar da noiva que uma pessoa não anda afoitada à procura de vestidos para o marriage, não é???

 

E eu aqui ando afoitadíssima, sem saber para onde me virar... curto, comprido? Colorido, preto básico? à menina, à senhora!?

 

Os últimos que me agradaram à vista foram estes modelitos:

 

       

 

 

 

 

E estes são só alguns...

 

Digam-me lá de vossa justiça! :)

publicado às 12:59

...

por Mi ♥, em 22.10.13

Some people ask me how can I still smile. How do I get up every morning. How do I still feel joy and happiness.

 

How can I still feel happy when my world, so close now, is trembling. Falling apart.

 

I ask myself the same question from time to time. at first, I don't know the answer. Maybe the tales, I so often read about in my books, maybe it's them who make me forget.

 

And then I remember. The true reasons for Mi.

 

It because of her laugh.

 

Her pure, candid, true laugh that can outshine a sunny day. That can hush a crowd. When she laughs I forget. Only me and her remain in the world. No problems, no demanding solutions, no life changing decisions. Just me and her. Laughing. Giggling. Being us, a whole.

 

And also his arms.

 

His strong, protective arms. In which I know I will live and die. And take comfort in. When I feel his embrace, the world stops. No more troubles, no more anxiety, no more panic. Only tenderness, peace, Love.

 

This is why.

 

Why I don't fear the emerging problems now just around the corner.

 

Why I still face the future with a smile in my lips.

 

Living every day as a blessing.

 

Only because of her.

 

And him.

 

And my fairy tales...

publicado às 09:04

Os Colegas

por Mi ♥, em 19.03.13
Filme do ano, a não perder!



Qual Argo, qual Les Mis, Drive, as Aventuras de Tintim, Skyfall, O Artista, O Hobbit, ou qualquer outro Oscar winning big Hollywood production!

Este retrata a realidade, realiza sonhos, comove corações de pedra e cria sorrisos inextinguíveis!

Faz-nos ter vontade de aplaudir de pé e gritar: Parabéns!!! Muitos e muitos Parabéns!!!

publicado às 09:42

Cinderela issues #2

por Mi ♥, em 28.02.13
After all....

This is the chosen one...


Epa, eu sei... "ah, este não estava na lista!" mas vocês não sabem ainda que eu sou a pessoa-mais-indecisa-à face-desta-terra e, portanto, não me contentei com aquela listinha (tinha o quê 20 opções?!puff fraquinha) e fui à procura desalmadamente, como se não houvesse amanhã (e o casamento não fosse só daqui a 2 meses) de 40.000 opções diferentes? Tudo para que este vestidinho aqui me fosse revelado pelas minhas queridas amigas e eu o escolhesse em 2 min.

Oh God... It's so Mi. O vestido, mas especialmente a atitude. ;) 

publicado às 11:23

Cinderela issues

por Mi ♥, em 21.02.13
O dia 19 de Maio está a aproximar-se...
O que significa que tinha mesmo que começar a pensar em VESTIDOS! E é só nisso - VESTIDOS - que a minha cabeça consegue pensar neste momento. É só isso - VESTIDOS - que os meus olhos vêm. É só com isso - VESTIDOS - que o meu cérebro sonha à noite. E é só sobre isso - VESTIDOS - que a minha boca fala.

Antes que o meu corpo entre em colapso, há alguma alminha caridosa que me ajude a escolher?!!?

Ora atentem então...
Dress 11

Dress 13


Dress 1

Dress 15

Dress 20 - o preferido do hubby

Dress 21 - o meu preferido ?!?

Dress 4

Dress 23

Dress 2

Dress 18

Dress 6

So, being for a wedding.... Any Help?

publicado às 15:48

Mensagens


SOBRE A MI

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

subscrever feeds



Mensagens

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728