Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Momentos eternos

por Mi ♥, em 18.12.13

Ontem estavas chorona e não querias dormir sozinha. Ultimamente isto tem acontecido com alguma frequência e quando chega a hora de ir para a caminha, ora pedes "caminha papá" ora agarras-te a mim com toda a força que os teus bracinhos aguentam e não largas.

 

E ontem foi assim, agarraste-te à mamã e não querias largas. Posso contar-te um segredo? A mamã também não queria largar! Mas tem de ser, para te (re)habituares a dormir na tua caminha porque é assim que tem que ser. E aqui um aparte. Não, eu também não sei "porque assim tem de ser" e compreendo-te. Compreendo que querias dormir ao lado de nós, quentinha, a sentir a nossa presença mesmo ao teu lado, o nosso abraço, os nossos beijinhos. compreendo porque eu, e o papá também, queremos sempre a mesma coisa. Mas nós temos um ao outro e tu ficas sozinha no teu quarto... E eu também não consigo justificar isto! Sim, eu sei que tu dormes (dormir mesmo, não os momentos antes ou depois) melhor sem nós ali ao lado a limitar-te o espaço. E por isso, tens que ficar na tua caminha...

 

Mas ontem não queria, nem por nada! Como a mamã não cabe na tua cama, fiquei ali ao lado, de braços entrelaçados nas grades, com a mão na tua almofada, a tentar convencer-te a ficar assim, a deitar-te... Sentaste-te e depois acabaste por te deitar.

 

E ficámos assim as duas. A mamã sentada no chão, com a cabeça apoiada numa almofada na cadeira, de braços esticados num abraço que rompe barreiras e grades, com uma mão debaixo da tua cabecinha e a outra apoiada no teu ombrinho... Tu de bochecha encostada na mão da mamã, olhos grandes, ternurentos a mirar-me e mão na minha bochecha.

 

Ficámos assim muito tempo. E se bem que qualquer pessoa ficasse desconfortável e com dores de costas e rabo só de olhar para mim, foi a posição mais confortável em que estive desde há muito tempo... Mesmo com pé dormente. ;)

 

Tudo porque amo a ti.

 

Quis que este momento ficasse imortalizado pela fotografia, mas não correu bem. Assim, fica eternamente na nossa, tua e minha, imaginação...

publicado às 11:59

Go red!

por Mi ♥, em 12.12.13

Pronto, para tratar de matar a bicharada que habita (ou habitava) aqui no 5º andar, fiquei ruiva.

A tinta foi daquelas que fazer queimar os pelinhos do nariz e quase que ficava com uma mega mancha que mais parecia um chupão no pescoço (graças a Deus pelo creme Nivea que remove isto tudo), por isso acredito que a bicharada esteja mais que morta!!!

 

Ou isso, ou elevei os piolhos a fashionistas. God no.

 

 

 

Entretanto, a bicheza da miúda também não dá sinais de vida após a double shot do remédio. Claro que a piquena continua com comichões mas nada que o meu A-Dermazinho não trate... Queridinho.

publicado às 14:56

Quando nasce uma pessoa de nós...

por Mi ♥, em 02.12.13

é fascinante como alguém muda.


Mudam-se gostos, mudam-se atitudes, mudam-se pensamentos, mudam-se os corpos e mudam-se tanto as prioridades.

Hoje tenho tantos problemas. Tantas ervas daninhas que teimam em não ser arrancadas e que voltam para estragar, de novo, o nosso íntimo.

Mas nada disso me fez o coração parar ou a barriga contorcer-se de dor, ou até os olhos encherem-se de lágrimas, como ouvir-te chorar hoje.
No primeiro dia em que choraste ao deixar-te na creche. O primeiro dia em que te agarraste ao meu pescoço e não querias sair da segurança do meu colo. Logo tu que nem me dizes adeus noutros dias, que te apressas a ir ao encontro de brincadeiras e sorrisos e amigos pequeninos.
E hoje doeu-me. Doeu-me tanto deixar-te assim, a chamar por mim, a gritar pelo meu colo, pelo meu abraço e pelo meu beijinho milagroso que cura tudo.

 

Hoje amaldiçoei a minha vida. E não pelas razões "lógicas" aos outros. Só porque não pude, como queria, abraçar-te, beijar-te e assegurar-te que tudo ia ficar bem porque a mamã estava ali.

publicado às 13:23

E para a pequena princesa, perguntam vocês?

por Mi ♥, em 27.11.13

Ahhh, mas a minha avidez em procurar indumentárias não é só para beneficiar o meu umbigo, não senhor!

 

O pequeno umbigo da minha princesa não me passa despercebido!

 

E vaidosa como ela se está a tornar, sempre a querer pôr batom, ver-se ao espelho, usar malinha no braço, pentear-se e pôr perfume, não se vai contentar com qualquer coisinha...

 

Até porque, sejam eles merecedores ou não que isso são outros tostões, será ela a estrela da festa right? ;)

 

Então, tendo em mente que o único requisito é enfiar-lhe uma faixa vermelha no vestido, já andei a ver 1001 opções...

 

Apesar de ter aqui opções super giras estou reticente em comprar-lhe o vestido online. Oui, eu sei, é uma miúda tem até mais facilidade em enquadrar-se nas medidas padrão, blá blá blá... Mas tenho medo que os tecidos não sejam da melhor qualidade e, se pra im pode ser uma coisa mais fanhosa e a cheirar a loja de chinês, para ela não. Então espero tirar daqui ideias e mandar fazer na costureira da familia dos noivos, que é quem está também a fazer o vestido de noiva e pode usar o mesmo tecido, por exemplo...
Acho que destes modelos, o meu preferido é o do meio, da última linha. E o vosso?

publicado às 14:37

o cão, o cão!!!

por Mi ♥, em 22.11.13

Estamos as duas no carro esta manhã quando, de repente, a M. começa a dizer "mamã, o cão!, o cão!!!"...

 

Olho lá para fora, à espera de ver o dito cujo, e nada.

 

"Não vejo o cão... Mariana, onde está o cão meu amor?"

 

"o cão, aqui!!! aqui!!!" e aponta para o rádio.

 

Estava esta música a dar.

 

Desatei-me a rir...

Tags:

publicado às 09:37

"A Manana é intsionanto!"

por Mi ♥, em 04.11.13

Traduzindo: "a Mariana é impressionante", ouviu-nos ela a dizer acerca da sua capacidade de dizer/repetir praticamente tudo!


"Não sei"
"Onde tá minina/minino,cão,gato,vaca (com v e não com b)"
"Já tá"
"A Maiana tem ..."
"Merci"
"Bonjour"
"Ne" - nariz
"Bucha"- boca
"Gota muito papa/mama/vovó/vovô"
"Calça tapato"
"Faz tu mamã"
"Não queo ete/aquele"
"Vamos mimir"
"Olha tão bom"
"Anda ver"
"Amofada"
"Que fifinho" - fofinho
"Lê o bibro"
"Pipo / baíga"
"Amo a ti"
"Tia cabelo" - da frente dos olhos.
"Já vou" - adoroooo quando responde isto quando a chamamos
"Poque o bebé ta choair?"
"NON"
"É meu/mia"
"Não goto"
"Dá cá"
"Viste?"
"Vistes?" - ouvistes
"Que é ito?"
"Coate" - chocolate
"Manteia"
"Num há"
"Poaboi" - por favor

"Xau men" - quando se surpreende! É uma expressão muito nossa...
"Ito fica aqui" 

to be continued... :)

 

E a minha preferida... "amo a ti", assim do nada, com um abraço, na altura mais que certa. Que me faz achar que o meu peito vai rebentar de tanta alegria e que é impossível amar assim alguém, tanto que chega a doer!

 

Basicamente repete todas as palavras que lhe dizemos (até já repetiu otorrinolaringologista e nem ficou muito imperceptível!!!), articula bem e junta as palavras com nexo e com sentido. É como ter uma inversa com uma criança de 3 ou 4 anos. Mas ela acabou de fazer dois.

Só continua a dizer "fruta" da maneira mais embaraçosa possível... P*ta!!!

 

publicado às 11:04

Mensagens


SOBRE A MI

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

subscrever feeds



Mensagens

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728

Posts mais comentados