Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Wishful thinking!

por Mi ♥, em 31.05.13
Como já só faltam 7 dias e 6 horas para me pôr a andar daqui para fora, rumo ao país do meu coração, já só penso nisto...


















E a maior parte das fotos é de comida! Porque será? Lá se vão os quase 3kg a menos...

publicado às 10:50

Uma mentira dita muitas vezes não a torna verdade.

por Mi ♥, em 21.03.13
José Sócrates vai voltar a Portugal (supostamente, o próprio ainda não admitiu o regresso) como comentador da RTP.

Quanto a isto, nada a comentar. Sinceramente, não me aquece nem arrefece quem dá bitaites sobre o que for.

Mas José Sócrates é nomeado, sistematicamente como o grande culpado pelo estado em que Portugal se encontra. E isto já me revolta.

Não me revolta porque achei uma grande injustiça e "ai coitadinho do Sócrates que é um pobrezinho e não ganhou nada à conta do povo português". Desengane-se quem pensa que algum deles é melhor do que o outro.

Mas este homem foi acusado de tudo e mais alguma coisa (a maioria que ficou sem se provar), atacaram a sua idoneidade, a sua vida pessoal, o seu carácter, a sua motivação, tudo e tudo e tudo.

Em vez de procurarem os verdadeiros culpados da crise (a entrada no Euro [e não na União Europeia, que são duas coisas bem distintas], por exemplo, ou a nova ditadura hitleriana da Merkel) culpam alguém que até foi melhor do que tantos outros (lembro-vos por exemplo do meu querido amigo Durão que simplesmente "abandonou" o país).

Sim, porque então o Sócrates deve ter ido governar a Islândia, a Grécia, a Espanha, a Itália, o Chipre, tudo em secreto, enquando governava Portugal! É que os problemas, as soluções, a austeridade, a retórica, as desculpas, são as mesmíssimas!!! E também o interesse é o mesmo.

O Sócrates não é, nem devia ser o bode expiatório duma Europa interesseira e desigual. Com esta retórica e argumentação é que o nosso PR, agora defunto, tomou as atitudes que tomou e colocou no poleiro estes que tomam estas medidas de austeridade. Medidas essas que diziam (quando a ânsia de ganhar eleições era mais forte) serem desmedidas, incomportáveis e impraticáveis! Ah ah

Porque realmente o PECIV era bem pior do que o que foi decidido até agora, não era!?

A culpa não é da dívida pública. E "as dívidas gerem-se" sim, como todos os países fazem. A culpa é da ambição desmedida e do desejo de destruir alguns Estados Membros e tomar posse "dos países mais endividados" porque, afinal, "tudo o que é do Estado é mau e tudo o que é privado é bom". E adivinhem que está a comprar Portugal?

Não, não sou PS, nem PSD, nem de nenhum. Não tenho afiliação política, não tenho preferência por nenhuma "cor", nem me interesso mínimamente nos partidos em si. Só gosto do meu País, vivo no centro da Europa, trabalho no sítio onde estes assuntos são discutidos e decididos, oiço vozes sábias sobre estes assuntos e não as mentiras que os media e outros fazem passar. E não, não gosto particularmente do Sócrates. Mas também não aprecio coelho.

publicado às 14:21

Mensagens


SOBRE A MI

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

subscrever feeds



Mensagens

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728